Tecnologia Comentários

Palmeiras pagará quase R$ 60mi a Lucas Lima em cinco anos

Novembro 20 / 2017

Meia tem 45 jogos e três gols pelo Peixe no ano (Guilherme Dionizio/Gazeta Press) Jorge NicolaYahoo Esportes

O Palmeiras já tem um acordo verbal para contar com Lucas Lima a partir de 2018. E as cifras envolvidas na negociação farão do meia alguém milionário. O contrato, que terá duração de cinco anos, rendera R$ 59,5 milhões ao jogador de 27 anos.

E o dinheiro irá praticamente todo para Lucas Lima. Como seu vínculo com o Santos termina em 31 de dezembro, ele já está livre para assinar com quem quiser. O acerto com o Verdão prevê pagamento de luvas de R$ 11,5 milhões, à vista, além de salário de R$ 800 mil por mês até o fim de 2022 – os R$ 800 mil mensais incluem direitos de imagem e bonificações.

A diretoria do Palmeiras está convencida de que a passagem de Lucas Lima pelo clube vai garantir ganho esportivo, dentro de campo, e muito dinheiro. É que existe a convicção de que, motivado, ele voltará à seleção brasileira. Assim, irá se valorizar para, no futuro, ser vendido ao exterior por bem mais do que os R$ 11,5 milhões investidos agora.

O meia teve outras propostas nos últimos meses. Uma delas foi da Inter de Milão, que lhe garantiria salário líquido de R$ 1 milhão por mês. Os italianos também se dispunham a bancar todo o custo para um tratamento que seria realizado no irmão do jogador, devido a uma doença. Mas Lucas Lima ficou com medo de passar pela mesma dificuldade de Gabigol, encostado enquanto esteve em Milão.

A ida para o Palmeiras realiza um sonho antigo do pai de Lucas Lima, que é torcedor alviverde. O meia ainda ouviu do diretor-executivo de futebol, Alexandre Mattos, que o Palmeiras montará o melhor elenco do Brasil em 2018 para vencer a Libertadores e disputar o Mundial de Clubes.

Por tudo isso, a única chance de o acordo verbal entre clube e jogador ser desfeito é aparecer uma proposta irreal, com números estratosféricos, de algum time gigante das principais ligas europeias.

Lucas Lima também tinha oferta do Santos para continuar na Vila Belmiro, mas o péssimo clima com o torcedor e os valores envolvidos, bem menores do que os do Palmeiras, fizeram com que o jogador nem respondesse até o momento ao presidente Modesto Roma Júnior.

Os comentários estão desativados para esta matéria.