Vida Pública Comentários

Justiça procura dinheiro em conta de ex-politico , mas não encontra valores para abarcar débito

Fevereiro 07 / 2018

Ação tramita na 2ª Vara Cível de Fernandópolis. Mesmo assim, contas já foram rastreadas.

Um despacho da Justiça de Fernandópolis, mostrou que não foi possível encontrar valores nas contas de um ex-candidato a prefeito na década de 80.
"A inércia do(a)(s) credor(a)(es/s) por dar o regular prosseguimento do feito, nos termos de decisão/determinação é conduta que frustra a execução.Observa-se que no curso da execução não foram encontrados bens penhoráveis suficientes para a satisfação do débito exequendo.Não apenas isso, em que pese diversas tentativas infrutíferas, as quais, iniciadas a mais de um ano, com o fim de localizar bens passíveis de satisfação do crédito, inclusive mediante pesquisas em sistemas informatizados (BACENJUD/RENAJUD/INFOJUD), evidencia a falta de encontrar recursos nas contas dos requeridos".
Na ação o ex-politico não conseguiu lograr ação contra uma empresa no bojo de uma ação por danos morais. Então, foi cancelado a penhora do veículo (um ônibus), realizada nos autos da execução de título judicial sob , restituindo-o ao proprietário.Foi então condenado ao pagamento de custas processuais e de honorários de advogado, arbitrados, com fulcro no artigo 20, § 4o, do Código de Processo Civil, em 10% sobre o valor da causa, que passará dos R$ 10 mil corrigidos.

Os comentários estão desativados para esta matéria.