Empresas Comentários

Justiça condena a 80 anos de prisão integrante de grupo que explodiu caixas eletrônicos em Fernandópolis

Março 07 / 2018

Condenação será por organização criminosa, roubo, tentativa de latrocínio e por provocar explosão. Policial foi atingido por estilhaços de bala e morreu; outros dois ficaram feridos em acidente, em 2016

Justiça condenou a 80 anos de prisão um dos integrantes do grupo que explodiu caixas eletrônicos em um shopping de Fernandópolis (SP) em 2016. A sentença saiu na segunda-feira (5).
Além da prisão, Antunes Matheus Ramos da Silva deve pagar multa por integrar organização criminosa, roubo, tentativa de latrocínio e por provocar explosão, segundo a condenação divulgada pelo Ministério Público. De acordo com a sentença, ele deve começar a cumprir a pena em regime fechado. No dia do crime, o grupo arrombou a porta do shopping, chegou até o caixa eletrônico e roubou mais de R$ 170 mil, de acordo com a polícia. Câmeras do local registraram a ação dos ladrões. Quando os policiais chegaram, os criminosos atacaram as viaturas com tiros de fuzil.
O caixa explodido ficava na praça de alimentação do shopping e a explosão foi tão forte que a porta de acesso ao compartimento foi arrancada. Parte da parede e o vidro da bilheteria do cinema também quebraram. Segundo as testemunhas, toda a ação durou menos de dez minutos.
Os criminosos fugiram e, durante a perseguição, houve tiroteio. Um dos policiais foi atingido por estilhaços de bala, chegou a passar por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos. Uma das viaturas caiu em uma ribanceira e outros dois policiais ficaram feridos no acidente

Os comentários estão desativados para esta matéria.