Matéria Pública Comentários

Foro privilegiado dos deputados e senadores para crimes fora do mandato cairá após a Pascoa

Março 19 / 2018

A decisão só não foi homologada, ainda, porque o ministro Dias Toffoli (foto), pediu “vistas” do processo.

Com placar definido, oito a zero, o STF votou, em novembro de 2017, pela restrição ao foro privilegiado a deputados e senadores com relação a crimes cometidos fora do exercício do mandato.
A decisão só não foi homologada, ainda, porque o ministro Dias Toffoli, pediu “vistas” do processo.
Após quatro meses, o gabinete do magistrado acena que os documentos serão liberados assim que findar o feriado de Pascoa.
Ou seja, em abril, o STF concluirá o julgamento.
Assim que publicada a sentença do STF, todas essas investigações trocarão a morosidade notória do Supremo pela eficácia do implacável juíz Sergio Moro.

Os comentários estão desativados para esta matéria.