Cidades Comentários

Promotor de justiça cobra aluguel de igreja evangélica

Maio 04 / 2018

Ação de execução em quase R$ 13 mil tramita na Justiça de Fernandópolis.

Um promotor de justiça em Fernandópolis ingressou com uma ação de cobrança contra uma igreja de denominação evangélica.Além disso, os fiadores figuram na ação do título executivo, estimado em quase R$ 13 mil. A ação foi manejada porque o pastor que comandou a igreja foi despejado porque não havia pago os alugueis. Foram um ano sem pagamento mais 10% da multa. O aluguel era de R$ 900,00.

Os comentários estão desativados para esta matéria.