Com mensalidades de R$ 7 mil, Penápolis recebe curso de Medicina em agosto

Junho 30 / 2018

Com gastos de R$ 6 milhões para a construção do prédio, a Funepe fará vestibular em agosto deste ano, no campus 2

A Funepe (Fundação Educacional de Penápolis) inaugurou o campus que vai atender o novo curso de medicina da instituição, além de cursos de saúde que já estão em andamento, como educação física e enfermagem. A cerimônia contou com a presença do governador de São Paulo, Márcio França. O início das aulas está previsto para agosto deste ano.
O novo campus tem aproximadamente 3 mil metros quadrados de área construída. Conta com salas de aulas equipadas com lousas interativas, laboratórios de anatomia, habilidades, microbiologia, microscopia, química e bioquímica, informática, espaço destinado à convivência, salas de esterilização, entre outras, além dos setores administrativo e pedagógico da instituição.
Segundo informações da assessoria de imprensa da fundação, as inscrições para o vestibular devem ser abertas no início de julho, com provas no final do mês. Serão disponibilizadas 66 vagas para a primeira turma, cujas aulas devem ter início em agosto. O valor da mensalidade do curso de medicina é estimado em R$ 7 mil.
Ainda segundo a instituição, o curso já passou por todas as fases burocráticas e está totalmente aprovado. O único aval aguardado é a liberação do vestibular. O assunto será deliberado na reunião do pleno, do CEE-SP Conselho Estadual de Educação de São Paulo, marcada para a próxima quarta-feira (4). Se aprovado, a autorização é publicada em diário oficial no dia seguinte e a Funepe pode marcar a data do vestibular.
A ideia de oferecer o curso de medicina em Penápolis surgiu em dezembro de 2014, conforme informações do site da instituição, dada a demanda por profissionais da área da saúde, especialmente médicos, e uma predisposição do CEE-SP para aprovar novos cursos de medicina no Estado. Era o auge do Programa Mais Médicos do governo federal.
Depois de várias reuniões, a equipe gestora da Funepe elaborou um projeto pedagógico, que foi protocolado no conselho em outubro de 2015. Em março do ano passado, o projeto do curso foi aprovado e a instituição iniciou as providências para construção de um novo campus para receber a primeira turma.
Para atender as exigências para a abertura do curso, a fundação também firmou parceria com as Santas Casas de Penápolis, Birigui e Lins, além do Hospital Espírita João Marchesi, de Penápolis, e o Hospital Geral de Promissão para oferecer as vagas de “residência” necessárias.
O projeto do curso de medicina teve o apoio do poder público municipal e iniciativa privada, por meio do empreendedor Acácio Cruz, que investiu na construção do prédio.
Atualmente, a Funepe conta com cerca de mil alunos, em sete cursos. Em dois anos, a instituição pretende ultrapassar o total de 2 mil estudantes. Para 2019, a expectativa é oferecer 12 cursos.
O valor estimado do projeto do novo campus é de R$ 30 milhões e será executado por investidor por meio de chamamento público.Ao todo, serão oferecidas 66 vagas .O novo campus da Funepe poderá abrigar ainda outros possíveis cursos na área de saúde, como Enfermagem, Farmácia, Nutrição e Terapia Ocupacional

Os comentários estão desativados para esta matéria.