Sociedade Comentários

Chamado de "bunda mole e chifrudo", ex- namorado ganha R$ 4 mil

Agosto 01 / 2018

Tribunal de Justiça de São Paulo manteve sentença da Justiça de Guarulhos

Uma moradora da região de Guarulhos vai pagar danos morais ao ex-namorado e a atual dele, por difamação e injúria no local de trabalho. A setença foi mantida em 2ª instância.Os valores atualizados devem atingir a R$ 4 mil.
Diz que foi traída pelo ex, que mantinha um relacionamento extraconjugal , o que resultou em abalo à sua honra, causando humilhação perante seus familiares e amigos. Sustentou também que os autores passaram a promover seu “desequilíbrio mental e moral”, mediante provocações, tendo escrito a carta que acompanha a inicial como forma de fazer cessar a
coação moral que vinha sofrendo. Trata-se de ação indenizatória por danos morais, onde os autores imputam a ex-namorada a prática de injúrias e difamações realizados em local de trabalho ou na presença de terceiros, inclusive com envio de carta ofensiva, enquanto ela sustenta que o fato de seu em mero revide, sendo por eles ofendida em momento anterior.
Para a Justiça, as ofensas praticadas pela ré aos autores encontram-se devidamente comprovadas pelo envio de carta direcionada a eles de sua autoria que lhes imputou uma série de qualificações depreciativas, com uso de expressões como “corno velho”, “chifrudo e bunda mole” em relação a ele, e “galinha”, periguete”, “vagabunda e macumbeira,” em relação a ela, o que foi por ela confessado, sendo, também, corroborado pela prova oral, como analisado pelo juízo.
"Assim, forçoso reconhecer que o comportamento da ré,comprovado nos autos, importou em violação aos direitos da personalidade dos autores, pela autoria de ofensas escritas e verbais em relação a eles, com publicidade, de que resulta o dever de indenizar os danos morais que lhes causou.Portanto, de rigor a manutenção integral da sentença combatida", ratificou o acórdão.

Os comentários estão desativados para esta matéria.